02 novembro, 2007

Presidenta da OAB em Ponta Porã diz que não se curvará a pressões


FRONTEIRA
Sexta-feira, 02 de Novembro de 2007, 11:46
*Paulo Rocaro

Drª Eliz Saldanha, presidenta da OAB localEm nota distribuída há pouco à imprensa, a presidenta da 5ª Subseção da OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) em Ponta Porã, Eliz Saldanha Rodrigues Jara, 40, disse que está serena e tranquila em relação ao furto ocorrido em sua residência na madrugada de ontem, que confia na justiça dos homens e de Deus e que não se curvará a pressões. Veja abaixo a íntegra da nota.

NOTA À IMPRENSA

Nos primeiros momentos do dia primeiro de novembro de 2007, ao chegar em minha residência acompanhada de familiares, deparei-me com o portão e a porta principal abertos. Ao entrar na casa os quartos estavam revirados e objetos pessoais de imenso valor sentimental foram furtados. Também foi encontrado um bilhete contendo ameaça contra minha pessoa. Acionei a Polícia Militar e Polícia Civil, que prontamente me atenderam, além de entrar em contato com a OAB/MS.

Registro aqui a rapidez e a presteza com que a PM agiu nessa longa noite, fazendo buscas e destacando um soldado para fazer a guarda da minha residência até o dia amanhecer. Registro a disposição da Polícia Civil no sentido de apurar com isenção os fatos narrados.

Agradeço à OAB/MS e ao Conselho Federal da Ordem, que estão acompanhando de perto as investigações da Polícia e cobrando resultados quanto à identificação e punição dos culpados.

Agradeço ainda aos meus colegas e amigos que estão enviando mensagens de solidariedade.

Estou tranqüila e serena, pois confio e acredito na JUSTIÇA dos homens e na de DEUS.

Não será a invasão do meu lar, um bilhete apócrifo e covarde que me farão desistir das minhas metas e dos meus objetivos. Não me curvarei a qualquer tipo de pressão ou tentativa de intimidação.

Aproveito para esclarecer que não tenho nenhum inimigo declarado e nem razões para que alguém atente contra a minha vida e por isso, deixo a cargo da Polícia Civil a responsabilidade por informações neste sentido.

Ponta Porã – MS, 02 de novembro de 2007.

ELIZ SALDANHA
Presidente da 5ª Subseção da OAB de Ponta Porã – MS

01 novembro, 2007

Conselho Federal se une à OAB/MS em defesa de Eliz Paulina

O presidente em exercício do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante Junior, telefonou agora há pouco para o presidente da OAB/MS, Fábio Trad, colocando a instituição federal à disposição para garantir a preservação da integridade física da advogada Eliz Paulina Saldanha Rodrigues Jara Franco, presidente da 5ª Subseção da OAB/MS sediada em Ponta Porã que foi ameaçada de morte.

A ameaça foi feita em um bilhete anônimo encontrado na madrugada de hoje (1º) em sua residência e que foi deixando por uma ou mais pessoas ainda não-identificadas que entraram na casa usando a chave que a família deixava escondida em lugar conhecido pelo invasor (leia detalhes sobre o assunto na matéria anterior).

“O doutor Ofir afirmou que vai acionar todos os dispositivos ao alcance do Conselho Federal para auxiliar a polícia judiciária no esclarecimento desse crime. Inclusive, colocando a disposição, toda a estrutura da OAB nacional que, juntamente com a OAB/MS, está solidária a presidente Eliz Saldanha”, afirmou Fábio Trad.

“Os conselhos seccional e federal da Ordem estão unidos para a proteção dos direitos da presidente da nossa subseção na cobrança de resultados para elucidação desse covarde ato”, acrescentou o presidente da OAB/MS
(fonte: Jornal eletronico Midia Max)

Presidente da OAB de Ponta Porã tem casa invadida e é ameaçada

[ Polícia ]
01/11/2007 09:24
Por: Fernanda Ellen


Por volta das 01h50min do dia 01/11/2007 uma guarnição PM do 4º BPM de Ponta Porã/MS, atendendo solicitação do CIOPS, deslocou-se até a Rua Rafael Bandeira Teixeira, 911 – Santa Izabel – Ponta Porã/MS, onde foi comunicado um arrombamento.

No local, a guarnição deparou-se com a vítima a Drª. Eliz Paulina Saldanha Rodrigues Jará, 40 anos, presidente da OAB de Ponta Porã/MS, juntamente com outras testemunhas que narraram terem chegado à referida residência por volta das 01h30min. As testemunhas contaram que o portão e a porta principal da casa estavam abertos, sem sinal de arrombamento.

A porta principal havia sido aberta com uma chave que a proprietária deixa “escondida” em cima de um saco utilizado para musculação. Notou-se falta de um notebook de uso pessoal da advogada, uma pulseira de ouro, a chave de um veículo Vectra de placa HRA-7100, uma mochila escolar e uma máquina digital.

Os assaltantes deixaram em cima da mesa um bilhete escrito: “Amanhã você morre”. A vítima informou também que seu closet e gavetas com documentos foram remexidos, e não soube precisar se mais alguma coisa sumiu. A doutora Eliz solicitou a presença do perito criminal, já que havia muitos objetos de valor na casa que não foram levados.

Eliz é postulante a uma cadeira na câmara de Vereadores de Ponta Porã/MS, e disse que quem entrou em sua casa conhece os hábitos da família, já que sabia onde estava guardada a chave. Todos foram orientados a registrarem um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Civil. A guarnição PM efetuou diligências na tentativa de encontrar os supostos autores, mas não obteve êxito.
(fonte: site Ultima Hora News)

Presidente de OAB em Campo Grande é ameaçada de morte

A presidente da subseção de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, da OAB (Ordem dos Ordem dos Advogados do Brasil), Eliz Paulina Saldanha Rodrigues Jará, 40 anos, foi ameaçada de morte.

De acordo com informações da OAB local, um bilhete deixado em cima da mesa da residência da presidente, trazia um recado escrito em cor azul: "Amanhã você morre".

O recado foi encontrado pela família na madrugada desta quinta-feira (1º/11). Quando Eliz chegou na casa, por volta de 1h30, o imóvel estava com o portão e a porta principal abertos.

Na porta não havia sinais de arrombamentos. Segundo a PM ela foi aberta com uma chave que a advogada deixa em cima de um saco utilizado para a prática de musculação.

Do interior da residência foi levado um notebook, uma pulseira de ouro, a chave de um veículo Vectra, uma mochila escolar e uma máquina fotográfica digital. Outros objetos de valor, como televisão, DVD, outros computadores, não foram levados.

De acordo com a PM, a presidente da OAB suspeita que os autores conhecem os hábitos da casa, pois sabiam onde estava a chave da porta principal. A advogada é suplente de um vereador da cidade. Um policial militar ficou responsável pela segurança dela até o início da manhã.

Quinta-feira, 1 de novembro de
(fonte: site Ultima Instância UOL)

30 outubro, 2007

NÃO MERECEMOS

Nós brasileiros não merecemos o terceiro mandato do Lulla, isso vai contra todas as tendências políticas no momento. Aliás, já está virando hábito no mundo político mudar as regras no meio do mandato, sempre beneficiando aquele que detém o poder. O Congresso Nacional não pode iniciar este debate, sem fundamento e despropositado. Temos aí o exemplo do Chavez, que do seu jeito, poderá ficar até quando quiser no poder e mais recentemente a esposa e recém eleita Presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

TROCA-TROCA

O Governo Federal começou a operação troca-troca nas comissões do Senado para conseguir a aprovação da prorrogação da CPMF. Acomoda um aqui, outro ali e garante que deverá ter uma votação apertada para conseguir o seu intuito. Na última semana, acompanhei várias entrevistas do pessoal do governo e pude perceber que eles estão jogando pesado para aprovar a tal “contribuição”, inclusive com ameaças do tipo: quem vai votar contra, tem que lembrar que pode ser presidente em 2011 e vai precisar da CPMF. Fala sério!

ENQUANTO ISSO

O Brasil está sendo governado pelo presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, pois o Lulla e os chefes do Executivo estão em Zurique, acompanhando a decisão da FIFA, sobre a copa do mundo de 2014 e o vice-presidente José Alencar foi submetido ontem a uma cirurgia para retirada de tumor no intestino. Passeando junto com o presidente, mais 14 governadores o acompanham, além é claro do primeiro escalão quase todo.

TININDO

Segundo o presidente do Banco Central, é assim que a economia brasileira anda, depois do difícil ano de 2005. Segundo ele, não há mais cobranças pela redução dos juros e o País hoje reúne três condições que a muito não eram vistas juntas: inflação sobre controle, oferta de dólar e crédito. Se está tudo conforme ele diz, porque será que não vemos os preços nas gôndolas de supermercados reduzidos?

LIVROS

Não se trata do lançamento de nenhum livro lançado na Academia Pontaporanense de Letras e sim do livro caixa encontrado pela força tarefa formada por promotores que vem fazendo uma verdadeira devassa na vida do ex bolsista-pijama e ex-governador Zeca do PT. Segundo a nova denúncia, a ex-ordenadora de despesas do governo Zeca, Terezinha de Luca, mantinha o documento, com cerca de cem nomes, entre deputados, vereadores, servidores públicos de todos os escalões. A guerra entre Zeca e o MP parece não ter fim e vamos aguardar os resultados disso.

SAÚDE

Dizem que o setor da saúde de Ponta Porã está dentro dos conformes. Porém, na reunião do Conselho Municipal de Saúde, na quarta-feira passada, o que se viu foi uma discussão acirrada que por pouco não chegou às vias de fato,cada um na defesa de seus argumentos. Houve momentos que a reunião ficou tensa, com muito bate-boca e pouca decisão. Conversando com um aqui, outro ali, na verdade é que ouvi muitas críticas, principalmente com relação ao hospital regional, que enfrenta os mesmos problemas de sempre. Das denúncias que o Conselho apurou, foi encaminhado um documento para o Conselho Estadual de Saúde, que deve promover uma auditoria no hospital.

QUENTE

Também foi o clima da semana passada na Câmara Municipal, quando o vereador da oposição Chico Gimenez travou um intenso debate com a líder do prefeito, vereadora Dulce Manosso. Após discursos inflamados na tribuna, o único polpado pelo vereador Chico foi o “seu” Osmar, que segundo Chico, não pertence a “esse jeito PSDB de ser.” Por falar nisso, o Osmar de Matos é um nome fortíssimo, com livre trânsito entre situação e oposição para suceder o presidente Marcelino Nunes. A eleição da mesa diretora acontece dia quinze de dezembro e fatos novos podem acontecer no “decorrer do período”, mudando o cenário.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao meu “tio do coração” João Pissini; Evania Pretowisky; e a competente escrivã Edir Maciel que completou idade nova ontem(30).
Obrigada e até a semana que vem.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada

TeleMessage SMS Sender