26 novembro, 2008

PELA CULATRA

Depois da cinematográfica Operação Satiagraha, o Delegado Federal Protógenes Queiróz pode ser vítima do próprio sistema em que trabalha. Após ter seus apartamentos invadidos e claro filmados, Protógenes pode ser indiciado por crime de falso testemunho, juntamente com o ex Superintendente da Agência Brasileira de Inteligência, Paulo Lacerda e o Ministro de Segurança Institucional Jorge Félix. Tudo ainda depende da aprovação CPI e enviado ao Ministério Público. Os três passaram de caçador para caça. Só no Brasil mesmo!

JUDICIÁRIO X LEGISLATIVO

Na semana passada os presidentes do Tribunal Superior Eleitoral, Ministro Ayres Britto e o do Congresso, Arlindo Chinaglia subiram o tom das conversas, trocando as farpas por acusações de demora na execução e cumprimento das Leis. Ayres disse que não entendia o porque da Câmara dos Deputados demorar em acatar as ordens do TSE no caso específico da perda do mandato do deputado federal Walter Brito Neto. Chinaglia mais que depressa respondeu em outras palavras que era para o ministro não por bedelho onde não é chamado, pois, tem ministro que fica até "seis meses sentado em cima dos autos e não delibera". Para o bem do Estado Democrático e de Direito, é bom que os Poderes se entendam, senão o Lulla resolve se meter na história e aí sim será um Deus nos acuda.

ENQUANTO ISSO

Os parlamentares em Brasília parecem realmente preocupados com a eleição das mesas diretoras da Câmara e do Senado. Fato concreto: o PMDB decide nas duas casas. Sonho: a oposição pode se beneficiar, caso o PT não apóie o PMDB. Falo isso porque o Partido dos Trabalhadores tem, por enquanto, o histórico PMDB na sua base governista. O poder de barganha do PMDB é grande e o próprio Lulla vai conduzir as conversas para tentar eleger as duas mesas de maneira menos tramática possível. Será que Elle consegue? Vamos aguardar.

MOTORCYCLE    

Realmente a cada ano que passa o evento realizado pelo Moto Clube Renegados da Fronteira – o Motorcycle – fica melhor e mais profissional. Quero de público dar os parabéns à todas as pessoas que trabalharam para que ele acontecesse. Para não ser injusta com ninguém, parabenizo também aqueles que trabalharam como voluntários e os que cederam suas casas como hospedaria para os motociclistas que vieram de longe para prestigiar esse evento que só faz bem à nossa Cidade. O Motorcycle deste ano nos deixou com um gostinho de quero mais ano que vem.

TRÂNSITO

Como eu disse na semana passada, bebida e direção não combinam. Já na noite de abertura do evento, um engraçadinho atropelou em alta velocidade o filho do Paulo Rocaro. Para quem viu o carro e as circunstâncias do acidente, imaginou que o motociclista apressadinho tinha se machucado muito e surpreendentemente, sofreu apenas escoriações leves. Sorte a dele que pode vir ano que vem. Espero que tenha aprendido a lição.

CARTA DO LEITOR

"Gostaria de parabenizar esta Coluna e por via de conseqüência, seus idealizadores, na pessoa da Drª Eliz Saldanha, pela excelente qualidade e competência com que tratam e abordam as questões de capital importância na nossa sociedade. Parabéns."
Fábio Brazilio Vitorino da Rosa - Campo Grande MS

RECONHECIMENTO    

O advogado Ary Raguiant Neto, secretário geral da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso do Sul tomou posse segunda-feira como Juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul. Ele foi nomeado por ato do Presidente Luis Inácio Lula da Silva, veiculado no Diário Oficial da União. Ary Raguiant Neto é competente e motivo de orgulho para a classe dos advogados do nosso Estado. Desejo sorte para ele nesta nova jornada.

ERREI

Semana passada ao citar a guerra política em uma Cidade pantaneira, equivoquei-me no nome da cidade: não era a Cidade Branca Corumbá e sim a cidade do ex bolsista pijama Zeca do PT: Porto Murtinho. Peço desculpas aos meus leitores pelo erro.

Por falar em Porto Murtinho, o prefeito reeleito Nelson Cintra obteve no TER-MS o direito de ser empossado liminarmente. Já o seu adversário foi considerado inelegível por ter registrado a sua candidatura sem ter pedido afastamento do cargo de Procurador do Estado. Essa novela pantaneira vai longe.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao jovem Alan Amarilha; ao Dr. Fábio Brazílio Vitorino da Rosa e à Dra. Margarida Aidar, que emplaca idade nova amanhã.

Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget