05 dezembro, 2009

E AGORA?


Que caminho deve tomar o governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (DEM)? Pedidos de impeachment já somam oito e a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal deve ajuizar mais um na segunda-feira. O governador Arruda foi flagrado recebendo propina, gravado discutindo as divisões de dinheiro e mostrou-se preocupado com o seu percentual. A Polícia Federal agiu e deflagrou a operação Caixa de Pandora, onde apreendeu mais de 400 mil entre dólares e euros, além de inúmeros documentos e computadores. O escândalo abalou em cheio as bases do DEM, curiosamente, partido de maior oposição ao partido da estrela.

STF

Após as denúncias sobre o esquema de corrupção na capital do País, o Ministro do STF Gilmar Mendes, disse que é preciso coragem para fazer as reformas políticas, pois, os escândalos já datam de 1990 e vem se repetindo ano a ano. Gilmar defende o financiamento público de campanha, pois, acredita que assim, inibe-se a corrupção e todos os candidatos saem na igualdade, o que não acontece hoje, quando através do poder econômico, figuras destaquem-se muito antes do pleito.

MS

Aqui em Mato Grosso do Sul, o ditador, ops! governador André Puccinelli está correndo tranqüilo rumo à sucessão estadual. As pesquisas de opinião divulgadas, recentemente, apontam a reeleição já no primeiro turno. Na verdade o grande problema do italiano hoje é a escolha do seu vice, que será baseada em pesquisas quantitativas e qualitativas, bem ao seu gosto. Um nome que vem se destacando para ocupar a cadeira de vice é o do secretário de Obras do estado Edson Girotto (PR). Os deputados da base aliada reivindicam a indicação do vice. Que problemão.

ESPERNEANDO

Mesmo está o ex bolsista pijama Zeca do PT, ainda mais depois que partidos nanicos, como o PMN, por exemplo, participaram de uma reunião com o governador André Puccinelli e saíram fazendo juras de amor ao italiano. A se confirmar essas juras, tem gente que ficará mais perdido que índio em fazenda alheia.

PESQUISAS

As pesquisas de opinião no Estado estão fazendo a alegria da imprensa. Na última quinta-feira, o partido da estrela prometia uma revelação bombástica, que abalaria o cenário político local. Enfim, após a “enrolação” costumeira, apresentou uma pesquisa que ouviu 2004 pessoas de um universo de mais de um milhão e trezentos mil, o que não revela nem um por cento do eleitorado. Já a pesquisa peemedebista, ouviu 19004 pessoas, Esta última sim, pode ser que aponte uma tendência do eleitor. Enfim, os dois partidos estão fazendo o que melhor sabem fazer. Entendeu?

CREDIBILIDADE

O ser humano é dotado de inteligência (alguns mais, outros menos) e isso os difere do restante dos animais. Filosófico, é verdade. A obrigação moral é aquela que o cidadão de bem tem que fazer mesmo que não seja obrigado por Lei, ou seja, obrigação moral é pagar conta por compromissos assumidos. Obrigação moral é manter a palavra nos mais diversos assuntos do dia a dia. Tem gente que pretende dar uma voadinha rumo à Assembleia, mas não tem hombridade de cumprir nem o que promete aos amigos, que dirá se fosse eleito. Credibilidade vem de berço.

CIDADANIA

No próximo dia 13 de dezembro acontecerá em Ponta Porã às eleições para Conselheiro Tutelar. É mais uma chance de exercer a Cidadania e eleger um representante. Para quem não sabe o Conselheiro Tutelar é, por exemplo, quem deve ser chamado quando vemos uma criança sofrendo maus tratos, ou pedindo esmola nas ruas. Basta estar em dia com suas obrigações eleitorais para poder votar. Vote exerça a sua cidadania, para não reclamar depois. Eu já escolhi minha candidata.

AGRADECIMENTOS

Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial à aniversariante de hoje: Dirce Pacheco de Miranda Gimenez, que recebe os parabéns do seu marido Chico Gimenez e dos filhos Pedro Zadyr, Samantha e Milena, aos leitores Valdemir Almino, ao casal de advogados Janaina e Mauricio Cândia, a professora Márcia Alvarenga e ao aniversariante de ontem, Fábio Almirão. Obrigada. Semana que vem tem mais.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget