14 janeiro, 2010

12 janeiro, 2010

2010


O ano mal começou e o presidente Lulla já está enfrentando um problemão. Comandantes das forças armadas estão ameaçando pedir demissão em massa, entidades civis estão revoltadas, ministro da agricultura deu uma dura nele publicamente e até o Congresso (que sempre disse amém para o Planalto) está colocando em xeque a habilidade do presidente. Tudo pelo decreto que cria o 3.º Plano Nacional de Direitos Humanos. Ao que tudo indica grande parte do contido ali, não passará pelo crivo do Congresso, principalmente a criação do repugnante critério de acompanhamento editorial em meios de comunicação. Como esse cara (Lulla) insiste em ressuscitar a censura. Fala Sério!

2010 II

A revolta dos militares deve-se às propostas de criação de uma comissão “da verdade” para investigar crimes cometidos durante a ditadura e a revogação de leis feitas durante o período de 1964 a 1985 que sejam consideradas contrárias aos direitos humanos. A principal crítica dos militares é que o plano não prevê a investigação de excessos por grupos de esquerda que combateram o regime, incluindo-se a ex guerrilheira e atual super poderosa ministra Chefe da Casa Civil Dilma Rousseff. Credo!

Outra entidade que expôs seu descontentamento foi a Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). A presidente da Confederação, senadora Kátia Abreu (DEM-TO), disse que a proposta é ideológica e preconceituosa contra o agronegócio por prever regras que dificultariam a desocupação de terras invadidas.

CAIU

A Chefe da Regional Cone Sul da FUNAI Margarida de Fátima Nicoletti. Sua substituição foi uma das principais notícias do Estado na segunda-feira. Os índios de Dourados chegaram a invadir a Sede da FUNAI e manter funcionários e jornalistas como reféns exigindo a saída de Margarida. Ao que tudo indica, ela não era bem vista pelos indígenas, porém, os “caciques” políticos fizeram o que deu para mantê-la no cargo. Por quê? Se alguém souber, avise.

ACABOU

A harmonia entre o prefeito de Campo Grande Nelson Trad e os vereadores. Tudo por conta do projeto “calcinha”. O tal projeto de Lei, proíbe que produtos eróticos sejam expostos a todo público, determinando que hajam instalações não acessíveis às crianças. O Nelsinho disse que os vereadores estão querendo posar de mocinhos. O presidente da Câmara disse ao prefeito: “me digas com quem andas e te direi quem és”, pois, a maioria dos vereadores daquela Casa são da base do prefeito. Nelsinho já disse que vai vetar o projeto e se isso acontecer, os vereadores (inclusive a base) já adiantou que derruba o veto. Já vi isso, só não lembro onde.

O CARA

O Secretario de Obras e Serviços Públicos do Estado Edson Giroto ganhou a enquete realizada pelo site do amigo Marco Eusébio na semana passada. Giroto ganhou a enquete que perguntava ao leitor se ele pudesse voltar ao ano de 2008, em quem votaria para prefeito de Campo Grande. Agora, a enquete da semana pergunta em qual dos candidatos apresentados você votará para deputado federal: novamente Giroto está vencendo, com folga. Edson Giroto ainda é cotado para ser o vice do italiano. O cara é fera.

DEMOCRATAS

O Democratas aqui em Ponta Porã deve lançar candidatura para a Assembleia Legislativa. Um dos nomes mais cotados é o do atual vice prefeito Eduardo Campos. Eduardo vem mantendo contatos com várias lideranças locais e estaduais, principalmente com o vice governador Murilo Zauith, provável candidato do partido rumo ao Senado. Está errado quem pensa que o Edu está parado. O moço está andando e muito. Seu nome já é comentado e bem aceito pela população. Af! Será que finalmente teremos um representante genuinamente pontaporanense?

Falando em Murilo, ele passou a maior saia justa na cerimônia de instalação do Governo Estadual em Dourados. A troca de farpas publicamente apavorou os presentes, que chegaram a pensar que Ari Artuzi e Geraldo Rezende sairiam às vias de fato.

AGRADECIMENTOS

Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao aniversariante de hoje (13) Priscila Campos; à aniversariante de amanhã (14) Ariella Gimenes. Obrigada. Semana que vem tem mais.
CARA DE PAU


É que se pode dizer do governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, ao dizer que “perdoa” aqueles que o criticam “pela força das imagens”. O cara de pau, ainda disse que faz para poder pedir perdão às pessoas. Cá para nós, todos viram o governador recebendo propina, ops, “dizem” ser propina, ele disse que era para panetone para os pobres. Nem o Lulla teria essa frieza. Pior que tem gente que chora e o povo ainda acredita.Fala Sério!


TESOURA


O governador tucano José Serra passou a tesoura em nada menos do que dezessete secretarias da sua gestão. No total, cortou cerca de um por cento do total das despesas, que no ano de 2010 serão de mais de cento e vinte e cinco bilhões de reais. Os cortes só não atingiram as secretarias de saúde, educação e segurança. Menos mal.


ENQUANTO ISSO

O circo de Brasília continua dando espetáculos. O deputado Geraldo Magela foi duramente criticado por ter reclamado dos “cortes” justamente nas suas emendas para o Rio de Janeiro (não entendi a briga, pois ele é eleito pelo Distrito Federal). Agora foi a vez do presidente do Senado Federal José Sarney receber sua cota de críticas, pois a oposição não queria que ele avalizasse o projeto para ser enviado à sanção do Lulla. Eita projetinho que causa discórdia esse tal do orçamento geral da União. Ainda bem que aqui não acontece nada disso!


RECADO

O governado André Puccinelli foi bem discreto, mas que ele ouviu, ah ele ouviu. Através do presidente nacional do PPS e da senadora Marisa Serrano, o BDR (Bloco Democrático Reformista) agendou uma reunião para o início de fevereiro com o presidenciável tucano José Serra. Com isso, o bloco avisa o ditador de que não ficará esperando alianças e os prazos dele(André). Entendeu?

APURADO

Depois de pesquisa dizendo que ele tem aprovação e outra dizendo que ele é rejeitado pela população de Dourados, o prefeito Ari Artuzi entrou na mira da mídia de novo: desta vez foi por conta dos boatos de que o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) poderia sair de lá ir para cidades como Ponta Porã, Amambai ou Naviraí. É que o Ministério da Justiça liberou mais de R$ 3.000,000 (três milhões) para a construção da nova sede, mas Dourados ainda não havia doado um terreno. Na noite de quarta-feira, em reunião com DOF, Ari apresentou a doação de um terreno de mais de quinze mil metros quadrados. E não se apressa não para ver se a gente não traz o DOF para Ponta Porã. Aqui ninguém brinca em serviço.

RARO

Após muito tempo sem registrar um único homicídio, a Unidade Penal Ricardo Brandão registrou uma morte e outra tentativa no mesmo período. O assassinado e seu “cúmplice” foram indiciados pelo crime de estupro, cometido contra uma criança de dez anos e não resistiram às primeiras vinte e quatro horas na Unidade. Diz um ditado, que estupradores, mesmo sem serem condenados, não são tolerados pela massa carcerária, que como todos sabem, possui seu próprio ordenamento.


MARCO EUSEBIO

No blog do Marco Eusébio(www.marcoeusebio.com.br) deu esta notícia: “No vizinho Mato Grosso, o Ministério Público pediu à Justiça que suspenda os pagamentos acima do teto constitucional feitos ao ex-deputado estadual Humberto Bosaipo (DEM) que atualmente é conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Conforme a Promotoria, o democrata recebe mensalmente cerca de R$ 75 mil vindos de quatro fontes, todas públicas. "Em hipótese alguma pode haver a cumulação de três ou mais cargos públicos e essa vedação também se estende ao pagamento de remunerações e proventos de aposentadoria", diz a ação assinada por seis promotores. (Com informações da Folha de S.Paulo). E você pensando que era só em seu estado que TCE é pijama de luxo de ex-deputado, heim...?!”. Prefiro não comentar.

AGRADECIMENTOS

Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial às aniversariantes de hoje, Duda Rozo e Evania Petrywoski. Semana que vem tem mais.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget