31 agosto, 2009

SENADO
Apesar da aparência de tranqüilidade no clima do senado, o senador José Sarney passou por uma cobrança dura do colega Eduardo Suplicy. O presidente discursava como senador e lembrava os cem anos da morte de Euclides da Cunha e sobre os 55 anos do suicídio de Getúlio Vargas. Porém, num rompante Eduardo, conhecido pela polidez, cobrou duramente Sarney, sobre as coisas mal resolvidas naquela Casa. Eduardo promete fazer um discurso onde cobrará “olho no olho” o presidente da Casa de Leis. Sarney não gostou muito.

POR OUTRO LADO
Democratas e PSDB estão de malas prontas para abandonar o Conselho de Ética (?) do Senado. Foi anunciado pelo senador Sergio Guerra – PSDB – que praticamente exige que os partidos de oposição abandonem o tal Conselho. Para isso, ele diz que o Conselho de Ética não cumpre seu papel e está descaracterizado, o que por outro lado, deixa os componentes desmoralizados. Aliás, desmoralizadas, estão as Casas Legislativas por este País afora. Fala Sério.

DEBANDARAM
A exoneração de uma comissionada de Lina Vieira iniciou uma revolta clara dos inspetores da Receita Federal do Brasil. Dizendo que ingressaram na Receita para poder contribuir com a construção de um Brasil melhor, sem as ingerências e pressões políticas resolveram de uma forma enrustida dar um aviso ao governo Lulla. Se pressionarem muito a Receita, o bicho vai pegar.

FOLGA Depois da polêmica envolvendo Dilma Rousseff e Lina Vieira, onde uns dizem, mas não provam que houve pressão para que ela (Lina) resolvesse logo o problema envolvendo a família Sarney, a poderosa ministra fica sem agenda oficial até o dia de hoje. É uma forma de sair de cena e deixar a mídia focar em outra coisa.

CÂMARA Recebi os exemplares da Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara Municipal de Ponta Porã e, embora tenham sido atualizados há pouco tempo, dá-se a impressão de que é um apanhado de remendos, onde uma hora é uma coisa e outra hora é outra. Sobre a questão da votação, acredito que deva ser feito um estudo criterioso, por alguém que não tenha ligações políticas que aí sim, emitirá um parecer jurídico adequado à situação.

CONDENAÇÃO Zeca do PT e o Partido dos Trabalhadores foram condenados em Ponta Porã, pela Juíza da 3.ª Vara Cível por terem sido considerados culpados em um acidente com fogos de artifício que explodiram em uma carreata organizada, segundo a defesa de Zeca por simpatizantes. Dizendo não estar presente, Zeca e o PT devem recorrer da sentença, já que foram condenados a pagar cento e trinta mil reais de indenização às duas moças.

16 ANOS DEPOIS De militância ativa no PDT, o jornalista Carlos Monfort decidiu abandonar as fileiras do seu partido. Descontente e desmotivado, Monfort vai repensar a sua trajetória na política e quem sabe ingressar em novas fileiras. Já está mantendo conversas, mas assegurou que quer liberdade, atuação e participação ativa para onde quer que vá. As portas do PTB estão abertas para o “Monfa”. Ontem já esteve por lá o Pedro Zadyr mantendo boas conversas.

AGRADECIMENTOS
Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial aos aniversariantes do dia 30, as lindas Nabila Aidar e Dixie Carolina Croskie e o jovem Osmair Castro e a Gislaine Rodrigues de Souza. Obrigada. Semana que vem tem mais
PODEROSAS
A Rede Globo de Televisão e a Rede Record estão travando uma verdadeira guerra. Durante a semana passada, o Jornal Nacional deu destaque imenso às supostas irregularidades cometidas pela Igreja Universal, pertencentes ao bispo Edir Macedo. Já a Record gastou parte de seu tempo jornalístico para atacar o clã dos Marinho, proprietários da Rede Globo. A guerra promete, só não sabemos a que nível deve chegar.

ENQUANTO ISSO
Aqui em Ponta Porã, a simpática e elegante jornalista, Elisângela Marques informou que não houve “fechamento” da TV Sulamérica, mas sim uma mudança estratégica. O Jornalismo que passa a ser editado e transmitido a partir de Dourados. As partes comerciais e administrativas continuam como estão. Ainda bem.

CHE DIOS
Até a semana passada a mídia do País cobria insistentemente o senado, não dando trégua ao presidente Sarney. A pressão para que ele deixe a casa até que ensaiou uma volta dos “caras pintadas” em alguns pontos isolados do nosso Brasil. Só que acontecem coisas estranhas, que de repente mudam o foco rapidamente, como o depoimento da ex chefe da Receita Federal Lina Vieira, que foi convocada pelo senado para falar sobre uma suposta reunião em que a super poderosa ministra Dilma Rousseff teria pedido para ela(Lina) “acelerar” as investigações sobre a família Sarney.

CORINTHIANS
Depois do mais ilustre torcedor do Corinthians tentar mudar a tabela do campeonato brasileiro para evitar a venda de jogadores, foi a vez do presidente da agremiação alvinegra criar polêmica: filiou-se ao Partido dos Trabalhadores. De imediato ganhou a antipatia da nação corinthiana, que protestou com uma camiseta que dizia: “Corinthians e PT:nada a ver!!! Patifaria Aqui não!!!”. Misturar futebol com política é uma receita que tem tudo para dar errado.

MAIS TRABALHO
Foi o recado do governador italiano André Puccinelli para alguns prefeitos chorões do nosso Estado. “Tem prefeito que precisa cantar menos como cigarra e trabalhar mais como a formiga”, fabulou o nosso representante. O governador disse ainda que não é só a arrecadação dos municípios que diminuiu com a “marolinha” da crise, o Estado também deixou de arrecadar muito dinheiro. O italiano aliás, deve estar bem preocupado, pois, pesquisa de intenção de voto divulgada recentemente, mostra crescimento do seu possível adversário Zeca do PT.

CÂMARA
Deu um comentário geral a última sessão da Câmara Municipal de Ponta Porã. Os debates foram acalorados e a discussão gerou em torno da votação de uma CPI para investigar supostas irregularidades cometidas pelo Executivo. Para poder ter embasamento sobre a questão do quorum necessário e poder comentar a respeito, pedi ao presidente da Câmara uma cópia do Regimento Interno e da Lei Orgânica do Município. Mas até o momento não fui atendida.

AGRADECIMENTOS
Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial a aniversariante do dia 16, Samantha Gimenes; ao Tenente Vargas que comemorou na mesma data; a Luciana Oliveira; ao Carlos Monfort e o Zadir de Souza do Jornal Regional que fazem valer o que já dizia o grande Rui Barbosa, “A liberdade de expressão é a maior expressão de liberdade”, e me permitem que escreva livremente expressando minha opinião nesta coluna sem que uma única virgula seja suprimida ou mudada, mesmo que ela esteja fora do lugar e finalmente com nossas sinceras escusas ao colaborador da coluna que é palmeirense, mando um forte abraço a toda nação corinthiana, menos para o seca-pimenteira Lulla. Fala Sério.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget