23 abril, 2009

Fernando Lugo

COELHO


É o que está parecendo o presidente do Paraguay, Fernando Lugo. Nos últimos dias aparecerem nada menos do que três filhos do homem. Analisando friamente o caso, ele não cometeu crime algum, apenas quebrou um dogma da Igreja: a castidade. A oposição paraguaia está em fervorosa tentando arrumar um jeito de cassar o homem. Segundo a imprensa “hermana”, existe até uma equipe trabalhando para localizar os filhos dele. Boa parte do seu salário como presidente será destinado ao pagamento de pensão alimentícia. Ainda bem que o emprego dele é bom.


VIVA A PIZZA!


A Câmara dos Deputados, a pizzaria mais famosa do Brasil, apresentou mais uma novidade: ficaram de fora dos pedidos de indiciamento, por “absoluta falta de provas” o banqueiro Daniel Dantas e o Delegado artista da Polícia Federal Protógenes Queiróz. A turma do contra já está se mexendo para votar em separado outro relatório que pede o indiciamento dos dois. De Brasília, eu não duvido mais nada.

TENSO

É o clima entre os ministros do Supremo Tribunal Federal, após a discussão entre o presidente Ministro Gilmar Mendes e o Ministro Joaquim Barbosa. Eles discutiram asperamente na sessão de ontem e foi necessário encerrar os trabalhos. Logo após, oito ministros divulgaram uma nota oficial declarando que apóiam todas as decisões de Gilmar Mendes à frente do STF. Se na mais alta corte do País o "bicho pega", imagina por aqui.

VIAGENS

E não é que ficou mais difícil para os parlamentares de Brasília viajarem a esmo por aí. A partir de agora, tanto o senado quanto a câmara, limitaram os gastos com passagens. Familiares por exemplo, terão de desembolsar dinheiro do próprio bolso para acompanhar os seus maridos/esposas em atividades políticas. Assessores também só poderão viajar se a mesa diretora autorizar, especificamente a trabalho.


 

QUEM DUVIDA    

É louco. O delegado artista da Polícia Federal Protógenes Queiroz, também envolvido no caso das tais passagens aéreas, deve mesmo disputar um cargo eletivo no ano que vem. Ele está bem perto de se filiar ao PSOL, que segundo dizem, seria o lugar em que o delegado se sentiria mais a vontade por gostar da ideologia do partido. Se não arrumarem nada contra ele até a data limite das filiações e convenções, deverá ser um candidato com grandes chances de se eleger. Também, nesse País, né?


 

FRITO

O deputado federal Dagoberto Nogueira arrumou para a cabeça com a história das passagens. Matéria divulgada pelo Jornal Nacional mostrou ser ele o campeão no uso das mordomias aéreas. Curiosamente, Dagoberto vinha articulando com Zeca e André, barganhando o cargo de vice governador no ano que vem. Estava cheio de pompa, como se estivesse "podendo" mesmo. Um amigo meu disse dias atrás: "Dra. Eliz, o momento político é de cautela, quem mostrar a cara, vai levar porrada". Dito e feito


 

QUERO VER

Segundo noticiado na imprensa estadual, o italiano André Puccinelli e o ex bolsista pijama Zeca do PT estarão no mesmo evento amanhã, na sede do Sindicato Rural de Dourados, onde acontece a posse da nova diretoria da CID (Clube de Imprensa de Dourados). O evento contará com a presença de vários prefeitos, deputados e talvez até o senador galã Delcídio do Amaral. Espero que o André não resolva tirar o cinto para o Zeca. Já pensou?


 

JAGUANÉ

Há pelo menos um ano antes do início da campanha eleitoral para eleição do presidente e vice da República, deputados estaduais e federais, governadores e senadores, começaram também os ditos "jaguanés". Por aqui, um partido histórico, comandando pelo discípulo de um famoso político, pretende impor goela abaixo um nome local para fazer número no partido. A reação dos filiados foi imediata, ameaçando inclusive uma debandada geral, só não se sabe ainda para qual ninho. O partido é o PTB. O nome das figuras? Essa eu não conto, ainda.


 

QUEM É REI

Nunca perde a majestade. Ainda recuperando-se da cirurgia cardíaca a qual foi submetido, o ex vereador Chico Gimenez esteve acompanhado de sua família no show de comemoração do aniversário do jornal da Praça. Bastou ser notado pelos que estavam no camarote, que logo formou-se uma roda a sua volta. O assunto principal? Claro, a política. Chico mostrou ainda que continua tão popular quanto antes e este contato direto com o público/povo o deixou bastante animado, afinal de contas, ele é homem que não deixa o cavalo encilhado passar, monta mesmo. Quem sabe será ele o nosso deputado?


 

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial às jovens Débora Gaeta e Saradany Flores, que aniversariam amanhã 24; e aos meus leitores Miguel Chena; Adriana Penzo e Genildo Rossini.

Obrigada. Semana que vem tem mais.


 

Colaboração: Pedro Zadyr

    

Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada

TeleMessage SMS Sender