17 agosto, 2011

FALANDO SÉRIO

FRENTE PARLAMENTAR


Os Senadores resolveram criar uma frente parlamentar de apoio à presidenta Dilma Rousseff. Tudo para dar apoio às “faxinas” nos ministérios. Cá para nós, se a presidenta mandou limpar os ministérios, haveria necessidade de os nobres parlamentares criarem a tal frente? Ou seria apenas para pegar carona na mídia presidencial? Fala Sério!

DILMA

A presidente Dilma Rousseff, falou sobre as apurações de corrupção nos Ministérios e sobre o abuso das autoridades. Ela disse que “Onde ocorrerem malfeitos, como o crime organizado, nós iremos combater com firmeza, utilizando todos os instrumentos de investigação e punição de que o governo dispõe e sempre contando com a atuação isenta do Ministério Público, com a eficiência da Justiça e com o poder de decisão do Judiciário. Ao mesmo tempo tenho o dever de afirmar que farei tudo o que tiver ao meu alcance para coibir abusos, excessos e afrontas à dignidade de qualquer cidadão que venha a ser investigado”, disse a presidente. Essa presidenta é porreta.

APOSENTA?

O ex-governador Zeca do PT disse esta semana que se o seu partido (PT) fizer coligação com o PMDB, estará jogando sua história no lixo. Além do mais, Zeca prefere a aposentadoria a ter que caminhar junto com o partido do Ulysses Guimarães. Ele foi convidado pelo ex-deputado federal Dagoberto Nogueira a filiar-se no PDT, porém, manteve a recusa. O governador André Puccinelli, ao ser informado sobre as declarações de Zeca disse: “Ele (Zeca) não representa o PT, ele queima o PT”.

ASSASSINATO

O assassinato da Juíza Patrícia Acioli, no Rio de Janeiro, apenas mostrou o que todo mundo já sabe: o risco que os magistrados correm. São dezenas de Juízes ameaçados em todo o País. Querer que apenas a Polícia Federal faça a escolta de todos eles, seria muito complicado e a PF perderia grande parte de seu mirrado contingente. Além do mais, seria um desvio de função dessa polícia que já tem muitas atribuições.

PRESSÃO

A população bateu o pé até que conseguiu a suspensão, mesmo que temporária, das tais blitz que estavam sendo realizadas pela Polícia Militar. Um pouco de bom senso do governo estadual também. Agora, o que tem de político tentando pegar carona no assunto não é brinquedo não. Vou repetir o que já escrevi algumas semanas atrás: só será possível mudança se for via Brasília, do contrário, fica tudo como está. Quem disser outra coisa, está enganando o cidadão. Só através de deputados federais (não temos) e senadores (pior ainda) é que as coisas poderão ser diferentes.



PRESSÃO II

O que me contaram foi que na semana passada logo após o prefeito Kayatt conseguir com o governador uma trégua da PM, na operação “prende motinha de trabalhador”, ele, o prefeito deu de cara com uma blitz e várias motos apreendidas. De imediato peitou todo mundo e mandou a policia ir prender os assaltantes e demais bandidos que estão fazendo a festa com suas motos emplacadas. Mereceu como de fato merece aplausos. Enquanto isso, meu povo é melhor regularizar a situação das motos e dos documentos para evitar novas apreensões, pois ao que tudo indica foi só um recuo estratégico e a qualquer momento a operação já estará nas ruas.

AGRADECIMENTOS

Agradeço aos leitores e colaboradores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial Tania Monteiro e Dr. Edson Derzi e aos aniversariantes de ontem (16/08) Samantha Pacheco Gimenez e Tenente Vargas; acadêmico de direito Jonas Douglas (hoje); deputado federal Fabio Trad (18/08) e Juliana Grance (20/08) Obrigada. Semana que vem tem mais.

Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada

TeleMessage SMS Sender