22 agosto, 2007

DEMORA, MAS CHEGA

Começa hoje no STF o julgamento mais aguardado dos últimos dois anos. Estou me referindo ao caso dos envolvidos no esquema do mensalão. O STF decidirá se aceita a denúncia da Procuradoria Geral da República contra os 40 suspeitos. Se aceita a denúncia, os “quarenta...” passam a ser réus. O julgamento será longo, com muita coisa para ser lida, mostrada e já conta com mais de vinte advogados inscritos para falar.

Lá se vão mais de dois anos que o então deputado Roberto Jefferson resolveu jogar tudo no ventilador. Agora é só aguardar o resultado do julgamento para ver se a Justiça será feita.

E AGORA RENAN?

Quase tudo que o senador Renan Calheiros (PMDB) apresentou de documentos é falso. Está no relatório dos peritos da Policia Federal. A partir de agora o pedido de cassação por quebra de decoro torna-se eminente. O senador diversificou bastante a sua gama de negócios, pois é dono de inúmeras cabeças de bois fantasmas, meios de comunicação e um laranjal à sua disposição. Ele tentou, tentou mas não conseguiu provar a origem dos seus bens, seus negócios e seus relacionamentos.

Vamos ver o que acontece. Se o Senado vai a fundo para investigar e comprovadas as denúncias pedir a cassação do senador, ou se haverá uma daquelas saídas mirabolantes que só os parlamentares são capazes de inventar.

VALE A PENA

Assistir ao Programa do Jô (Rede Globo) às quartas-feiras. Digo isso porque estão lá as “Meninas do Jô”, Ana Maria Taham, Lillian Witte Fibe, Luciana Hipólito e Cristiana Lobo. Falam sobre tudo, principalmente política com uma visão privilegiada. Para quem acha que mulher não entende disso, vale a pena conferir.

ÁGUA SUJA

O Juiz Federal Substituto da 1.ª Vara Federal de Ponta Porã determinou que o Incra faça um estudo laboratorial sobre a qualidade da água dos assentamentos Itamarati I e II. Há suspeita que a água consumida por eles esteja contaminada. O prazo para o resultado é de trinta dias, a partir disso a multa será de R$ 30 mil por descumprimento de ordem judicial.

São 3600 famílias assentadas quase vinte mil pessoas que se utilizam da água. Sobre assentamentos, vale a pena falar que não é só a água que está com problemas. Tem muita coisa que precisa ser resolvida por lá. Parece que o maior problema dos assentados se chama Incra.

VEREÁVEI
S

Nem começou a campanha e já tem gente mudando os hábitos. Tem candidato a candidato que três meses atrás era a arrogância em pessoa. Agora por onde passa cumprimenta a todos com um sorriso tão falso quanto os bois de um senador. E acha que o povo ainda cai nessa. FALA SÉRIO.

CÂMARA

Conversando com um leitor por esses dias ouvi uma crítica à Câmara. Ele me disse que sente falta dos embates na tribuna, das discussões. Disse ainda que é muito maçante assistir o que acontece por lá. “Não vou, não ouço porque é muito monótono e não acontece nada mesmo. E além de tudo está todo mundo rezando pela mesma cartilha”. Eu como há muito não assisto às sessões fiquei sem ter o que falar para o meu leitor, mas assim que puder estarei por lá e volto a tocar neste assunto. Já dizia o grande Nelson Rodrigues: “Toda unanimidade é burra”.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao casal Joyce e Oscar Mosele, Adriana Corrêa, Ana Claudia Benites, Alei Ale e ao prefeitão de Amambaí Sérgio Barbosa.

20 agosto, 2007

Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget