06 novembro, 2009

Falando Sério de 31 de outubro

MERCOSUL


A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou com folga ontem a entrada da Venezuela, do ditador Hugo Chavez, para o MERCOSUL. O senador Tasso Jereissati defendeu o seu voto de maneira clara,enumerando os porquês de não concordar com a entrada da Venezuela no bloco. Não adiantou o Tasso explicar que a insegurança jurídica é regra naquele País. Não serviu para nada mostrar que todos os servidores públicos são obrigados a filiar-se no partido oficial, assim como a imprensa que é perseguida diariamente, quando não é estatizada. Enfim, viva a Democracia.

MS

A transferência em massa de alguns líderes do tráfico para Campo Grande deu o que falar. OAB/MS, Prefeitura, Câmaras e a população reagiram indignadas e com toda a razão. Não é tirando de lá e colocando aqui que as coisas vão se resolver. Só investimentos em segurança pública não adianta: é preciso começar a investir na formação do cidadão, desde que entra para a escola, para que quando adulto, saiba distinguir o certo do errado. Investimentos em materiais servirão apenas para dar uma falsa sensação de proteção por parte do Estado.

SOU SIM

Na última quinta-feira, o ex governador Zeca do PT esteve em Ponta Porã acompanhado do candidato de consenso à eleição do Diretório Estadual do PT Marquinhos. Zeca em seu discurso disse com todas as letras que é sim candidato ao governo do Estado e que a militância vai trabalhar como nos velhos tempos para arrecadar fundos com a venda de bonés e bottons para custear o PED e o início da Campanha. Zeca ainda jogou a responsabilidade de vencer para o “adversário” que considerou truculento. “Não tenho preço e não estou à venda”. Foi assim que encerrou seu discurso, aplaudido em pé e ganhando selinhos da Dona Gilda. O ex governador mostrou que continua popular como antes.

TAMBÉM SOMOS

O Deputado Federal Dagoberto Nogueira (PDT) também esteve por aqui e apresentou alguns números do governo do Lulla e demonstrou ainda o seu descontentamento com relação ao atual governo e por quais motivos tomou a decisão de apoiar o projeto do petista Zeca. Dagoberto, aliás, foi ciceroneado o tempo todo pelo ex vice prefeito Álvaro Soares. Quem também é candidato à reeleição é o petista Paulo Duarte, presente no jantar. Ele disse que está compromissado com o projeto do PT estadual em eleger o governador e uma base forte.

PMN

O PMN estava em peso aqui em Ponta Porã nesta quinta-feira, capitaneados pelo pré candidato à Assembleia Álvaro Soares. No seu discurso ele afirmou que deixou o seu antigo partido, o PPS para se dedicar ao projeto do companheiro Zeca. Impossível não notar que todos os antigos e novos companheiros do Álvaro estavam lá marcando presença e prestando apoio ao seu projeto rumo à Câmara.

PT

Observando a movimentação, podemos notar que várias lideranças estavam presentes representando vários partidos e classes sociais. Quem pareceu meio “fora do ninho” foi o atual secretário de Meio Ambiente Marcelino Nunes. Segundo confidência de um leitor assíduo (não conto o nome), existe uma ala do partido da estrela que quer o rompimento imediato do partido com o PSDB aqui em Ponta Porã. O Marcelino foi, marcou presença e saiu de fininho.

VAGNER

Outro que mostrou que não perdeu a intimidade com o microfone foi o ex prefeito Vagner Piantoni. Em seu discurso disse que não é candidato a nenhum cargo, pois está envolvido no projeto do Álvaro, como um soldado voluntário e que seu projeto pessoal fica para mais adiante. E não é que ele arrancou aplausos de todas as alas do partido vermelho!

AGRADECIMENTOS
Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao meu leitor Dr. Valdir Siqueira; aos Advogados Arnaldo Escobar e Julia Aparecida de Lima; ao empresário Fábio Jamil; à minha leitora assídua Professora Marlene. Obrigada. Semana que vem tem mais.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget