27 março, 2010

PUCINELLI EM CAMPANHA

 * R. Ney Magalhães



A Agenda do Governador Pucinelli registra para hoje Dia 26 de Março sua presença em Ponta Porã, e como estamos apenas a uma semana do prazo final das desincompatibilizações exigidas pela Lei Eleitoral certamente o assunto principal que traz S.Excia. até a Fronteira deve ser sobre o afastamento do Prefeito Flavio Kayatt do Executivo Municipal.

Analisando o quadro Político Estadual pode-se concluir que o atual Prefeito é o único nome com densidade eleitoral para este embate político de Outubro de 2010.

E certamente o Senhor Governador deve ter absoluta certeza de que mais do que nunca precisa de Kayatt como candidato a Deputado Estadual nesta região para conseguir a maioria dos votos por aqui.

Em Eleição para o Governo do Estado o candidato a Deputado Estadual é o cabo eleitoral puxador de votos.

Lançando-se Candidato a Assembléia o Prefeito Kayatt vai inibir a maioria das candidaturas que andam se assanhando nesta Fronteira e naturalmente vai canalizar seus votos em favor de Pucinelli.

Caso não seja confirmada a candidatura de Flavio Kayatt o Governador Pucinelli perde as eleições nesta Região.

Apenas a presença de Kayatt em Palanques do PSDB/PMDB não vai canalizar a maioria dos votos para André Pucinelli

A aproximação existente entre a Prefeitura de Ponta Porã e o PT de Vander Loubet e outros partidários de Zeca é muito forte e induz o eleitor para o lado contrario.

A posição defensiva do Governador em não se definir entre José Serra ou Dilma Roussef também influi fortemente na opinião publica que aguarda o final dessa querela para tomar uma decisão.

A Comarca de Ponta Porã tem eleitorado para eleger um Deputado Estadual, porem para garantir votação suficiente na Legenda do PSDB partido do Flavio Kayatt não podem acontecer divergências entre os aliados, aqui e em nenhum dos Municípios vizinhos.

Esta situação somente poderá ser equacionada pelo Governador/Candidato, e certamente é o que ele vem tentar nesta visita de hoje. Após esta “moagem” politica posso concluir que o fato mais relevante nessa eleição de Outubro vai ser a posição do próprio Pucinelli, que ficando com Serra pode ganhar do Zeca, mas se optar em apoiar a Dilma Roussef, literalmente a “vaca vai para o bréjo” com os correligionários/contribuintes pecuaristas da Capital saindo de campo. Nesse caso ainda é tempo de acontecer o “fator Marisa 3ª. Via” o que certamente condicionaria a vitória do PT. O eleitor é bobo, mas nem tanto, o que já vem se confirmando com a derrocada na aceitação do Prefeito Nelson Trad quando anunciou sua vergonhosa adesão à candidata do Lula, literalmente traindo os princípios ideológicos, éticos e morais com os quais foi eleito.

Existem perguntas ainda sem respostas. Será que a Candidatura do Zeca é pra valer? Porque a CHAPA PURA do PMDB para Governador e Vice???

O Murilo foi sacado de Vice da Chapa do André porque não aceita a composição com o PT ? E o Móka foi ungido para o Senado justamente porque aceita a Dilma? Nos próximos dias vamos conhecer as verdades.

Ao final destas considerações políticas quero mais uma vez alertar aos assessores políticos do Governador, principalmente da Casa Civil/Comunicações que deixaram de me cumprimentar após a periódica publicação de artigos e crônicas de alerta ao Governo sobre as dificuldades dos Produtores Rurais que vinham sofrendo com as péssimas condições das Estradas Estaduais por aqui agora denominadas de Enxurradas Estaduais, que apenas “patrolar” a terra é um Crime Ambiental, assoreando vertentes e córregos.

Após os ONZE anos de FUNDERSUL, sendo oito com Zéca e agora mais de três com Pucinelli essas Rodovias deveriam já estar todas asfaltadas.

Finalizando desejo recomendar para esses assessores do Governo que hoje visitam nossa cidade, que aproveitem para conhecer “O CASTELINHO”, um Prédio Histórico construído em 1940 como Quartel da Policia Militar do Estado e reformulado em 1943 para abrigar a Guarda Territorial do Território Federal de Ponta Porã e que se encontra em desintegração. Comenta-se que é “tombado” pelo Patrimônio Publico Estadual.

Ontem pela manhã, com um grupo de amigos e jornalistas de Cuiabá e de C.Grande visitamos e fotografamos as ruínas desse Prédio que representa um capítulo de nossa Historia.

Os meus conterrâneos que não conhecem ainda O Castelinho podem fazê-lo no Bairro Noroeste, no mesmo quarteirão da Policia Militar e em frente à antiga Estação da Estrada de Ferro, atual Fundação de Esportes e Cultura do Município.



Eleitor Sem Filiação Partidária.

“agroney@bol.com.br

25 março, 2010

Ney Magalhães escreve EXPOGRANDE – O FIM DE UMA ERA

EXPOGRANDE – O FIM DE UMA ERA


* R. Ney Magalhães



Visitei a 72ª. EXPOGRANDE de 2010 e senti saudades de Paulo Machado, do Italivio, do Laucidio Coelho e de outros grandes amigos ruralistas que administraram e ajudaram a construir a maior Mostra do trabalho dos Homens do Campo deste Estado e de todo o Centro Oeste, celeiro de alimentos do País.

Nesta Edição a Majestade não era a Vaca e nem o Touro, produtos campeões da mais avançada técnica mundial alcançada na comunidade cientifica, e muito menos a alta tecnologia das Maquinas e Equipamentos que em conjunto com a moderna genética vegetal constroem e produzem as riquezas da Terra com o aumento da produtividade dos grãos que cada vez mais estão presentes a baixo custo, fazendo a fartura das mesas dos Brasileiros.

Pelo menos os preparativos e a Abertura da 72ª. Expogrande demonstraram o fim de uma Era e de alteração na direção e no rumo da Democracia produtiva e progressista.

A Rainha aguardada para as homenagens era a potencial inimiga da Classe produtora rural e atual candidata a Presidência da Republica.

Atualmente como Chefe da Casa Civil do Governo é considerada a mentora dos projetos e decisões que maleficamente atingem nosso setor.

A descriminalização das ações dos Movimentos Sociais que invadem e depredam propriedades privadas, o aumento e alterações nos índices de produtividade, audiências públicas para Reintegração de Posse são apenas alguns exemplos da ideologia neo-socialista-comunista-criminosa da nova majestade política.

Os próprios Petistas do MS devem estar envergonhados com a imposição desta candidatura apresentada por Lula, atendendo Cuba, Nicarágua e outros comandos.

Afinal, o PT tem quadros competentes que com mais honestidade e nacionalismo poderiam contribuir no desenvolvimento, sem subserviência internacional e sem a truculência política/administrativas atualmente adotadas.

Confirmando as atitudes sórdidas e enganosas da atual política brasileira, houve o envolvimento da própria mãe da Ministra, que surgiu como álibi de ultima hora, justificando sua indesejada presença. A mídia nacional divulgou que a Agenda do Palácio foi cumprida normalmente com os despachos normais da Casa Civil, deixando duvidas sobre as desculpas palacianas.

Forças ocultas comentam que a presença da Candidata poderia sugerir o iminente apoio do Governador para com essa Candidatura, fato ainda considerado intempestivo e que só deve ser consagrado na ultima hora, não dando chances a novas candidaturas.

Como dizem que a Política é dinâmica, tudo pode acontecer.

O poderoso Ministro do Planejamento Paulo Bernardo, homem forte no Governo Federal e ex-secretario de Fazenda do MS no Governo Zeca do PT com afinidade pessoal e política que deve ainda persistir, surgiu no Palanque representando o Lula.

O pronunciamento da Acrissul foi ainda mais enganoso, ao afirmar que Questões ideológicas devem ficar fora dos Portões do Parque.

Assim o criador do FUNDERSUL foi aplaudido e homenageado, confirmando que a Política é dinâmica e também de que não existem mais Líderes como antigamente.

Nós, simples produtores rurais, ficamos literalmente “no mato sem cachorro”.

A grandiosidade da qualidade dos animais apresentados na 72ª. EXPOGRANDE e as modernas Maquinas e Equipamentos Rurais somadas às ciências agrárias dispostas aos trabalhadores da Terra elevam nosso ego e nos dão forças para suportar os atuais políticos descarados enganadores do Povo.

Mato Grosso do Sul não tem porteiras e nem portões separando a Cidade e o Campo.

Todos nós dependemos da produção rural que gera as riquezas primarias e sustenta a sociedade como um todo.



* Fundador da FAMASUL.

Produtor Rural.

24 março, 2010

Delcidio do Amaral

DENGUE


O Senador Delcídio do Amaral (PT) precisou cancelar sua agenda no interior do estado. Sentindo forte dor de cabeça, febre intermitente e mal estar constante, se não for praga do Zeca do PT, só pode ser dengue. Ontem o Senador passou por exames em Campo Grande e aguarda-se o resultado. O mosquito não perdoa ninguém, mas esperamos que seja uma simples virose.

FALAR EM PERDÃO

Todo cristão busca diariamente perdoar àqueles que o ofende. Mas, fala sério, perdoar não é nada fácil, principalmente quando a gente se depara frente a frente com o malfeitor. Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni foi obrigada a encarar o casal Nardoni, que “supostamente” assassinou sua filha.


Acompanhando o noticiário, ouvi diversas vezes que a “Jatobá” sentia um pouco de ciúmes da pequena Isabella e que a odiava, mas não odiava muito. Tenha a santa paciência, só quem já presenciou o ódio de um adulto contra uma criança, pode afirmar que não existe meio ódio, nem um pouquinho de ciúmes. O mal praticado por um adulto contra uma inocente criança não pode ser minimizado, aliás, porque nada torna possível o perdão, para esse mal não existe superação. Nem mesmo uma separação.


TRÂNSITO

Um verdadeiro caos, assim está o trânsito de Ponta Porã. O motorista sai de casa para ir ao Banco, Correio, ou até mesmo fazer compras e de longe avista uma vaga, aciona o sinal e se prepara para estacionar quando de repente se depara com uma moto tranquilamente estacionada a menos de 10 metros do local exclusivo para motos.


A folga é tanta que as motos, mesmo possuindo local apropriado para estacionar, se postam também na vaga exclusiva para veículos, caminhões, corpo de bombeiros, deficientes e, pasmem, até na vaga exclusiva da policia.


MOTOS

Nada contra os motociclistas, pessoas de bem, maioria trabalhadora, que não merece perder seu meio de transporte, haja vista que o passe de ônibus está pela hora da morte.

O Código de Trânsito Brasileiro dedica uma atenção especial à segurança das motos, impondo uma série de restrições para aqueles, que correm muito mais perigo do que os condutores de outros veículos.

De acordo com o artigo 54 do Código de Transito BRASILEIRO, os motociclistas só podem circular se estiverem usando capacete, os passageiros também estão obrigados a usar os mesmos acessórios. As motos devem transitar sempre à direita da pista, sendo proibido circular na faixa expressa e nas calçadas, constituindo infração gravíssima transportar criança de menos de 7 anos. Mas isso só serve para as motos brasileiras que freiam ao passar pelas lombadas mas são ultrapassadas em alta velocidade pelas motos com placas paraguaias. Adivinhem quem paga a multa?


SERIA ENGRAÇADO

Se não fosse triste, pois quem circula diariamente pelo centro da cidade presencia cada situação hilária. Ontem por exemplo quando esta colunista dirigia na Avenida Brasil, de repente presencia um abalroamento envolvendo pelo menos 04 motociclistas que se chocaram causando embaraço no trânsito. Mas não é que já foram caindo em pé, levantando a motoca e trocando impalperios entre si.

Parei de imediato e ofereci ajuda, e leiam o que ouvi: - Ô dona, a gente ta com pressa, não se mete não e não precisa chamar a policia se não a gente chega atrasado. Fazer o que? Segui o meu percurso, não consegui estacionar nas vagas para veículos (tinha sempre um moto no caminho), resolvi deixar o carro em casa e seguir a pé, mas dois respeitáveis senhores precisavam conversar dentro do carro, lógico, cada um dentro do seu, lado a lado. Então fiquei aguardando o colóquio terminar, enquanto meia dúzia de veículos buzinavam e motoristas xingavam, adivinhem quem? Não conheço, mas sinto-me em Bangladesh ou na Índia.

CONCLUSÃO

No nosso trânsito fronteiriço, multas, apreensões, prisão, nada disso adianta. Não é caso de policia. O que esta faltando mesmo é educação para o transito.


AGRADECIMENTOS

Agradeço aos leitores que fazem o sucesso desta coluna, em especial as minhas colegas de trabalho, mulheres de fibra: Brasilina dos Santos; Maria Rodrigues; Tereza Pessoa; Rosimari Bosco; Miguela Silveira; Verginia Ramirez; Elizangela, Elza e Cleny.

Obrigada. Semana que vem tem mais.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada

TeleMessage SMS Sender