21 outubro, 2011

Fui num baile em Assunção. Guns and Roses, eu fui!


No último dia 15/10, aconteceu na capital paraguaia, o maior show de rock até hoje visto em Assunção. Axl Rose e sua trupe, fizeram um show apoteótico de aproximadamente 3 horas, desfilando os maiores hits do hard rock mundial. Para minha sorte (fã declarado), pude realizar este sonho de assistir uma das maiores lendas do rock mundial. O show aconteceu no Jockey Club de Assunção, espaço amplo e bem estruturado que pode receber um mar de gente, com aproximadamente 60 mil pessoas. Os portões foram abertos às 17 horas e os fãs, se amontoavam muito antes do show começar. Muitos estavam receosos devido à pífia apresentação da banda no Rock and Rio, e muitas foram às críticas que ouvi nos dias que antecederam o show. O Guns and Roses acabou! O Axl Rose está velho, não agüenta mais cantar! Os novos integrantes não tocam bem! Entre outras críticas de quem pouco conhece, essa que é a maior banda de hard rock do mundo. A verdade é que o show feito debaixo de um dilúvio no encerramento do Rock and Rio, deixou muito a desejar, até quem é fanático pela banda como eu, ficou com os dois pés atrás.Porém quem foi conferir a apresentação em Assunção, teve uma sorte única com tamanha empolgação de Axl no palco. Sem seus habituais e demorados atrasos, o maior show man em atividade no mundo, chegou pontualmente à meia noite. Ao melhor estilo Axl Rose chegou sobrevoando a multidão, em um helicóptero e não demorou muito para dar as caras no palco. Trajando a tradicional bandana e óculos escuros, Axl abriu o show com seu novo single, Chinese Democracy, que também nomeia o novo e lendário álbum que demorou nada mais nada menos do que 15 anos para ser lançado. Com a voz afinadíssima e os tradicionais agudos inimitáveis, levou a galera à loucura quando fez soar as primeiras notas do famoso riff de Welcome to the Jungle, logo na segunda música, com a rebeldia clássica ainda soltou um “fuck you”, levantando o “dedo do meio” para as câmeras que transmitiam suas imagens em telões gigantes de alta definição, dando ainda mais detalhes do show. Daí em diante, pude notar que assim como eu, todos os expectadores ficavam perplexos com tamanha qualidade apresentada em um show que muitos jamais imaginariam algum dia assistir. Axl mostrou uma performance digna de sua magnitude artística, e nos fez lembrar os bons e velhos tempos da década de 90, aonde era acompanhado pela formação clássica do Guns and Roses. Todos os maiores hits da banda, com exceção de Civil War e Patience, foram tocados, além de surpreender a todos com covers de Pink Floyd e ACDC. Para quem criticou o Guns and Roses, fica o meu lamento, pois quem esteve am Assunção, sabe o que realmente é um show da banda. Por sorte estive lá! 

João Caetano, músico/compositor
, líder da banda Surfistas de Trem,
 formando em Economia e colaborador do JR. 

Comente, critique, opine !!!
Não se cale, pois quem cala consente.

E-mail: surfdetrem@yahoo.com.br

19 outubro, 2011

Eleições 2012 Ponta Porã

PREFEITÁVEIS


Atendendo pedidos dos nossos leitores acerca do quadro que começa a se desenhar no que concerne às eleições municipais de 2012, traçamos algumas linhas a respeito de cada um dos pré-candidatos.

CAIO AUGUSTO

Depois da saída prematura do PSDB, Caio Augusto filiou-se ao novíssimo PSD, conduzido no Estado por Antônio João Hugo Rodrigues. Caio, para quem não lembra, disputou uma cadeira na Câmara Federal em 2010, obtendo mais de dez mil votos. É uma incógnita se ele terá a mesma votação para prefeito, eis que naquela eleição, foi o único candidato da cidade a pleitear uma vaga para deputado federal.

MOZAIR DO CARMO

O presbítero Mozair do Carmo – PHS – tem percorrido a cidade e sempre tentado argumentar com os ouvintes que seu nome é uma excelente opção. Homem religioso, de boa fala, Mozair, segundo dizem, tem um discurso afinado para entrar na disputa e vem buscando conversar com todo mundo, já antecipando o seu plano de governo.

JARBAS PEREIRA

O radialista Jarbas Pereira – PSOL – está animadíssimo para encarar o pleito eleitoral do ano que vem. Jarbas é ligado ao grupo da deputada Dione Hashioka – PSDB. Ele é muito conhecido na cidade pelo fato de ser o locutor oficial da EXPORÃ.

VAGNER PIANTONI

O ex- prefeito Vagner Pintoni – PT – está antenadíssimo nas articulações do partido da estrela na esfera estadual. Segundo os mais recentes boatos, Vagner teria sacramentado a sua candidatura para a disputa eleitoral do ano que vem em sintonia com o senador galã Delcídio do Amaral. Comenta-se que ele só teria problemas com a ala petista que não quer o seu nome e com uma “suposta” rejeição pública.

EDUARDO CAMPOS

O advogado e vice-prefeito Eduardo Campos – DEM – recentemente participou do primeiro embate para as eleições do ano que vem: a sua eleição para presidir o Democratas no município. Eduardo está em sintonia com o deputado estadual Zé Teixeira e caso não consiga emplacar a sua candidatura, deverá participar ativamente do processo eleitoral.

LUDIMAR NOVAIS

O vereador Ludimar Novais – PPS – Ao que parece só está esperando a data para largar a campanha na rua. Ainda há quem jura que ele não é candidato. Ludimar está cercado de interlocutores (articuladores) do mais alto nível, prontos para entrar em campo vestindo a camisa do vereador, que é ligado ao grupo do deputado estadual Paulo Correa e não deverá encontrar dificuldade em pavimentar a sua candidatura, garantindo sempre que é pré candidato a prefeito.

ÁLVARO SOARES

Álvaro Soares – PR – não tem feito outra coisa nos últimos anos que não seja campanha politica. Conhecido no meio político por “Ligeirinho” (não sei o porquê), Álvaro encontra grande resistência por parte da classe política e lideranças locais. Não chega a ser uma unanimidade, mas há resistência, ninguém pode negar. Ele apoiou o deputado federal Edson Giroto – PMDB – que estava em seu partido, porém, agora, está sob o comando do deputado Londres Machado, que aqui em Ponta Porã, não tem muita influencia.

CHICO GIMENEZ

Filiou-se ao PMDB nos 48 minutos do segundo tempo. Muita gente não está levando em conta que o empresário foi mais que um “soldado” do partido nas últimas eleições, trabalhando ativamente para o italiano, juntamente com o deputado federal Fabio Trad e os deputados estaduais Marquinhos Trad e Carlos Marun, todos do PMDB que eleitos receberam boa votação em Ponta Porã. Sua filiação pode resultar em uma eventual candidatura própria do partido do Ulysses. Chico Gimenez, só precisará viabilizar sua candidatura.

HÉLIO PELUFFO

Secretário ativo na atual administração, Hélio Peluffo Filho – PSDB – é tido pela classe politica como fiel escudeiro do prefeito Flávio Kayatt. Depois da reeleição, os comentários sempre deram conta de que Hélio seria o provável sucessor de Flávio em 2013. A classe política insiste que Hélio Peluffo tem rejeição alta, porém, ninguém prova (com pesquisas, por exemplo.) Caso Flávio Kayatt resolva participar das eleições do ano que vem (fazer o sucessor), Hélio Peluffo Filho é a sua primeira opção. Seu nome já começa a ser aceito pela população que deseja a continuidade da atual administração.

Colaboração: Pedro Zadyr

Comente esta coluna na internet através do blog: http://www.faloserio.blogspot.com, do www.mercosulnews.com, do www.noticiasdeponta.com e www.diariopora.com.br Email: elizjpp@hotmail.com



Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget