02 julho, 2007



MS CONTRA A VIOLÊNCIA

Dia 26 de junho em Campo Grande foi realizada reunião do Movimento MS Contra a Violência, que contou com a presença de representantes da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Poder Judiciário, Associação do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública, e da sociedade civil.

A principal proposta foi a Criação de um Conselho Estadual de Combate à Violência a ser integrado por representantes da sociedade civil e dos poderes. O intuito é criar uma política de segurança pública unificada em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o advogado José Augusto Lopes Sobrinho, que coordenou a reunião: “A criação deste conselho constituirá oficialmente um canal permanente de participação da sociedade civil na criação e fomento de uma política pública de segurança em Mato Grosso do Sul”. Espera-se que até o mês de setembro, o anteprojeto seja levado à Assembléia Legislativa.

PRIMEIRO CORUMBÁ

O Senador Delcídio do Amaral disse na última sexta-feira, dia 29, que Corumbá vai ser um dos primeiros municípios a contar com uma Zona de Processamento da Exportação (ZPE), entre as 17 áreas contempladas pelo projeto aprovado na semana passada, pelo Senado, depois de nada mais nada menos que 18 anos de discussão no Congresso Nacional. Ponta Porã, sem representantes políticos, ficará para depois.

ENERSUL

A população faz tudo para economizar energia. Geralmente as casas têm apenas uma lâmpada acesa e nada mais. Não adiante falar em economizar, a saída é justamente a CPI da ENERSUL. As audiências públicas realizadas no interior do Estado estão obtendo saldo positivo. Espera-se uma solução rápida no sentido de corrigir definitivamente esse disparate. Já passou da hora.

SUMIÇO

Ontem em entrevista a uma importante emissora de televisão, o Governado André Puccinelli (PMDB), soltou o verbo e acusou o governo anterior, de ter sumido com carros do antigo Idaterra (Instituto de Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão Rural), hoje Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural)

O sumiço dos veículos, que o governador não quantificou, foi uma das irregularidades encontradas nas auditorias que foram determinadas logo que assumiu, cujos resultados serão encaminhados até o dia 15 para o MPE (Ministério Público Estadual) para investigação. O governador disse saber o número de carros desaparecidos, mas que não detalharia. “Eu sei, mas não posso dizer”, são essas as palavras do governador. Então ta.

ENQUANTO ISSO

Zeca está preocupado mesmo é com sua aposentadoria – aposentou como ex-governador – Fala Sério. E ainda em recente entrevista disse que seus amigos têm procurado ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) para garantir a continuidade da pensão vitalícia, aprovada pela Assembléia Legislativa em dezembro do ano passado e questionada judicialmente pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

E disparou: “A Adin da OAB é preconceituosa porque o Zeca não tem direito, mas o Wilson Barbosa Martins tem, o Pedrossian tem, o Ramez, que ficou só oito meses como governador, tem”. Pois é, Zeca não sabe, mas existe um tal DIREITO ADQUIRIDO e caso seus “amigos” não conseguirem influenciar no julgamento do STF, e a ADI for julgada procedente, não será apenas o ex-governador Zeca do PT que perderá o direito ao subsídio, mas todos os futuros ex-governadores.

FESTA JULINA

No dia 13 de julho, a OAB de Ponta Porã estará em festa. Neste dia estará sendo realizada a I Festa Julina dos Advogados. O evento será realizado na sede da instituição, a partir das 18h e contará com barracas típicas, bingo e dança de quadrilha.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, especialmente a combativa vereadora que abraçou a causa dos consumidores de energia elétrica Dulce Manosso; Sra. Diva Leite e Osmar Cruz. Obrigada.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget