29 junho, 2007

Image Hosted by ImageShack.us
Shot at 2007-06-29

28 junho, 2007

26 junho, 2007

MOLEZA

Gilvan Borges é o nome dele. Senador pelo PMDB do Amapá, é o autor do projeto de lei que prevê a extinção do Exame de Ordem. Para o presidente da OAB/MS, tal projeto representa prejuízo à sociedade, ao estado democrático de direito e ao próprio sistema judiciário nacional. O projeto em trâmite no Congresso aguarda parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado para ser encaminhado à votação na Câmara dos Deputados. Além de Fábio Trad, o presidente do Tribunal de Justiça e outras autoridades do poder Judiciário de Mato Grosso do Sul também são contra o projeto.

O BRASIL ESTÁ A UM PASSO DE ANGRA 3!

O CNPE (Conselho Nacional de Políticas Energéticas) acaba de aprovar a construção de Angra 3, e agora a decisão cabe ao presidente Lulla, enquanto isso os ativistas do Greenpeace tentam conter a construção da usina afirmando que,
”com a desculpa de que a energia nuclear é a saída para a questão energética, vem ficando cada vez mais claro que os interesses do programa brasileiro não são apenas energéticos, mas visam a utilização da energia nuclear para fins militares, o que inclui a produção de urânio enriquecido (para usinas, submarinos e bombas) em escala comercial.” Credo.

CONGRESSO

A ESDM - Fundação Escola Superior de Direito Municipal e a PGM - Procuradoria-Geral do Município de Porto Alegre realizam, hoje até sabado, em Porto Alegre, o CONGRESSO DE DIREITO MUNICIPAL com o tema: A Federação e as Políticas Públicas em Debate.
O objetivo do Congresso é discutir o papel dos municípios na federação, bem como as políticas públicas através de temas estruturadores da administração municipal nas áreas de patrimônio, urbanismo, meio ambiente e regularização fundiária, receitas municipais, contratos, serviços públicos, pessoal, aplicação das políticas públicas e, ainda, a carreira da advocacia pública. Ao regulamentar suas procuradorias os municípios não só estarão cumprindo preceito constitucional, como também garantido sua autonomia.

MACONHA

Ontem foram incineradas 14 toneladas de entorpecentes pela Polícia Federal, que começou o trabalho logo nas primeiras horas da manhã de ontem.
Todas vão ser queimadas entre hoje e amanhã, segundo a assessoria da Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã. As drogas foram apreendidas desde o final do mês de abril deste ano pelas unidades do órgão em Ponta Porã e em Campo Grande.
Como já havia sido previsto, um forno do frigorífico Frigofort está sendo
utilizado para queima da droga. Esta a maior incineração realizada em Ponta Porã e a segunda deste ano. A operação conta com cerca de 20 policiais federais, sob a supervisão do superintendente regional da PF no Estado, delegado Mário José de Oliveira Santos. (fonte: site Mercosul New)

SALA DE AULA

Ontem em reunião com a Presidente do Conselho Comunitário de Ponta Porã, Sra Florinda Marin, ficamos sabendo que o Conselho já possui verba para a construção de uma sala de aula dentro do presídio masculino e que agora só está faltando o sinal verde do diretor Dr. Joaquim, para começa a obra. Com certeza o sinal está verde, pois o Psicólogo Joaquim Hellis, sabe administrar muito bem o estabelecimento penal. Dia desses, inclusive, fizemos uma visita aos internos e verificamos que está “tudo sob controle”. Melhor assim.

AGRADECIMENTOS

Agradecemos aos leitores que são a razão do sucesso desta coluna, principalmente ao vereador Adãozinho que destinou uma fatia de sua verba parlamentar ao GAPP, bem como o vereador Chico Gimenez, que beneficiou o Lar da Criança Coração de Jesus, que este ano, vai receber R$ 12 mil de sua emenda parlamentar.
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget