06 janeiro, 2010

ESPERNEOU


O deputado do partido da estrela Geraldo Magela, relator do Orçamento Geral da União que segundo divulgado pela mídia, das duas mil emendas apresentadas por ele, pouco mais de cem foram, digamos assim, remanejadas para as bancadas estaduais na última hora. Magela disse que a Copa do Mundo de 2014 perdeu 1,8 bilhão de reais em investimentos para este ano. A oposição disse que não seria “prudente” que o relator tivesse tanto poder de fogo assim. Começaram bem 2010.

O CARA

Depois de ser incluído entre as cinquenta pessoas que moldaram a década pelo jornal inglês Financial Times, ser eleito o homem do ano de 2009 pelo Frances Le Monde, ter um filme contando a sua trajetória, o presidente Lulla agora foi citado pelo canal árabe Al-Jazeera como porta voz do terceiro mundo. Na sua edição em inglês, o canal teceu vários elogios ao Brasil e ao seu representante maior, esperando que o País entre para as cinco maiores economias do mundo até o ano de 2020. A repórter disse ainda, que em cinco anos Elle deve voltar a presidência. O Barack Obama que se cuide, porque como dizem na política, logo logo o Lulla engole ele.


TRAGÉDIA

Dessas que só acontecem em países de dimensões continentais como o nosso, deixaram de luto os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Em Angra dos Reis, 50 pessoas morreram e famílias inteiras foram soterradas pelas avalanches de terra. Os governos, Federal, e dos Estados estão agindo depressa para salvaguardar vidas e dar um pouco de alento aos que se salvaram da tragédia, porém, perderam tudo que tinham. Os grandes desastres naturais estão se tornando rotina no mundo e algo no sentido ambiental precisa ser feito com urgência. Precisamos sair do blábláblá.


FÉRIAS

Apesar de curtas, os três poderes do Estado estão praticamente parados. O Executivo está sob o comando do vice governador, Murilo Zauith e, os secretários da SEJUSP e SES estão de licença até a segunda quinzena de janeiro. O judiciário retorna no dia sete de janeiro. Desejo que todos recarreguem bem as baterias e que o ano seja efetivamente produtivo. Falando nisso, a Prefeitura Municipal voltou aos trabalhos na segunda-feira passada.

CACIQUES

No fim de dezembro último, foram realizadas no Estado eleições para caciques de aldeias indígenas. O que chamou a atenção, foi que em determinadas regiões, adversários “não índios” tomaram a frente da campanha. Até mesmo o deputado Jerson Domingos entrou na disputa apoiando um dos candidatos em Aquidauana. Até em eleição de índio, político profissional mete a colher. Fala sério,

TÁ SOBRANDO

Muito dinheiro em Brasília pelo visto. Os deputados federais do Estado gastaram juntos mais de dois milhões de reais no ano passado para despesas como locação de veículos(?), hospedagem(?), despesas postais entre outras. As chamadas verbas indenizatórias são um artifício legal para que o parlamentar possa divulgar seus atos (secretos ou não) e pasmem: prestar contas à população, além é claro, de ajudar a manter os seus escritórios políticos nos estados. Tem até deputado que gasta mais quando está de licença médica. Somado ao salário de quatorze mil reais, a verba indenizatória e o “cotão”, o custo de um deputado federal chega a mais de trinta e quatro mil reais por mês. Haja dinheiro!

2010

Chegou e promete ser um bom ano, em todos os sentidos. Renovados e cheios de energias boas, aceitamos com humildade a proposta do nosso Editor Carlos Monfort: em publicar esta coluna duas vezes por semana. Como a vida é feita de desafios, aceitamos e passaremos a escrever no Jornal Regional e sites todas às quartas-feiras e sábados.

AGRADECIMENTOS



Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao meu colaborador nesta coluna, aniversariante de ontem (5) Pedro Zadyr; às irmãs Cristiane Moresco e Cristina Fortes que trocaram de idade também ontem. Obrigada. Semana que vem tem mais.



Colaboração: Pedro Zadyr
Comente esta coluna na internet através do blog: http://www.faloserio.blogspot.com, www.mercosulnews.com, www.pontanews.com.br e www.diariopora.com.br

ESPERNEOU

O deputado do partido da estrela Geraldo Magela, relator do Orçamento Geral da União que segundo divulgado pela mídia, das duas mil emendas apresentadas por ele, pouco mais de cem foram, digamos assim, remanejadas para as bancadas estaduais na última hora. Magela disse que a Copa do Mundo de 2014 perdeu 1,8 bilhão de reais em investimentos para este ano. A oposição disse que não seria "prudente" que o relator tivesse tanto poder de fogo assim. Começaram bem 2010.


 

O CARA

Depois de ser incluído entre as cinquenta pessoas que moldaram a década pelo jornal inglês Financial Times, ser eleito o homem do ano de 2009 pelo Frances Le Monde, ter um filme contando a sua trajetória, o presidente Lulla agora foi citado pelo canal árabe Al-Jazeera como porta voz do terceiro mundo. Na sua edição em inglês, o canal teceu vários elogios ao Brasil e ao seu representante maior, esperando que o País entre para as cinco maiores economias do mundo até o ano de 2020. A repórter disse ainda, que em cinco anos Elle deve voltar a presidência. O Barack Obama que se cuide, porque como dizem na política, logo logo o Lulla engole ele.


 

TRAGÉDIA

Dessas que só acontecem em países de dimensões continentais como o nosso, deixaram de luto os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Em Angra dos Reis, 50 pessoas morreram e famílias inteiras foram soterradas pelas avalanches de terra. Os governos, Federal, e dos Estados estão agindo depressa para salvaguardar vidas e dar um pouco de alento aos que se salvaram da tragédia, porém, perderam tudo que tinham. Os grandes desastres naturais estão se tornando rotina no mundo e algo no sentido ambiental precisa ser feito com urgência. Precisamos sair do blábláblá.


 

FÉRIAS

Apesar de curtas, os três poderes do Estado estão praticamente parados. O Executivo está sob o comando do vice governador, Murilo Zauith e, os secretários da SEJUSP e SES estão de licença até a segunda quinzena de janeiro. O judiciário retorna no dia sete de janeiro. Desejo que todos recarreguem bem as baterias e que o ano seja efetivamente produtivo. Falando nisso, a Prefeitura Municipal voltou aos trabalhos na segunda-feira passada.

CACIQUES

No fim de dezembro último, foram realizadas no Estado eleições para caciques de aldeias indígenas. O que chamou a atenção, foi que em determinadas regiões, adversários "não índios" tomaram a frente da campanha. Até mesmo o deputado Jerson Domingos entrou na disputa apoiando um dos candidatos em Aquidauana. Até em eleição de índio, político profissional mete a colher. Fala sério,

TÁ SOBRANDO

Muito dinheiro em Brasília pelo visto. Os deputados federais do Estado gastaram juntos mais de dois milhões de reais no ano passado para despesas como locação de veículos(?), hospedagem(?), despesas postais entre outras. As chamadas verbas indenizatórias são um artifício legal para que o parlamentar possa divulgar seus atos (secretos ou não) e pasmem: prestar contas à população, além é claro, de ajudar a manter os seus escritórios políticos nos estados. Tem até deputado que gasta mais quando está de licença médica. Somado ao salário de quatorze mil reais, a verba indenizatória e o "cotão", o custo de um deputado federal chega a mais de trinta e quatro mil reais por mês. Haja dinheiro!

2010

Chegou e promete ser um bom ano, em todos os sentidos. Renovados e cheios de energias boas, aceitamos com humildade a proposta do nosso Editor Carlos Monfort: em publicar esta coluna duas vezes por semana. Como a vida é feita de desafios, aceitamos e passaremos a escrever no Jornal Regional e sites todas às quartas-feiras e sábados.

AGRADECIMENTOS

Agradeço aos meus leitores que são a razão do sucesso desta coluna, em especial ao meu colaborador nesta coluna, aniversariante de ontem (5) Pedro Zadyr; às irmãs Cristiane Moresco e Cristina Fortes que trocaram de idade também ontem. Obrigada. Semana que vem tem mais.


 

Colaboração: Pedro Zadyr

    

Comente esta coluna na internet através do blog: http://www.faloserio.blogspot.com, www.mercosulnews.com, www.pontanews.com.br e www.diariopora.com.br

E-mail: elizjpp@hotmail.com.


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 

Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget