14 novembro, 2012

FALANDO SÉRIO


JOSÉ DIRCEU
Petista da mais alta estrela, José Dirceu, assim como outros indiciados no caso do “mensalão”, foi condenado a penas que já somam mais de dez anos de reclusão. Como condenações acima de oito anos exigem o cumprimento inicial no regime fechado, ele deverá cumprir no mínimo um sexto preso e depois poderá pedir progressão de regime. José Dirceu tem dito aos seus amigos mais próximos que está “chateado” com o posicionamento do partido e de Lula. Mas já está tomando medidas para garantir o futuro de sua mulher e filhos, transferindo os seus bens para que eles tenham possibilidade de sobreviver na sua ausência.
MENSALÃO
Na continuidade do julgamento, a dosimetria tem provocado embates diretos entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski. Na ultima segunda-feira, Lewandowski chegou a abandonar o plenário depois de se dizer surpreso com a alteração na ordem da dosimetria por parte do relator. A discussão foi áspera e após um intervalo de trinta minutos, todos voltaram para dar continuidade aos trabalhos.
ESAQUEM?
O presidente do PMDB, Esacheu Nascimento entrou em rota de colisão com a ala dos Trad no Estado. Depois de dizer publicamente que o prefeito de Campo Grande não reúne condições de ser candidato a governador em 2014 (sim, já estão pensando longe), a turma ligada ao prefeito quer a sua cabeça a qualquer preço. E o Esacheu disse que não tem mais como recuar, eis que a sua permanência no cargo é de certa forma uma “exigência” de seu grupo político. Nesta briga via imprensa, o governador André Pucinelli, conhecido por não ter papas na língua, ficou mais quieto que guri novo. Não disse nada. Credo!
TOM MAIS BAIXO
Após uma campanha marcada por ataques de todos os tipos e de todas as partes, Alcides Bernal e Nelson Trad Filho reuniram-se na manhã de ontem, para enfim iniciar a transição. Bernal disse que buscará uma transição que atenda os interesses da população. Já Nelsinho disse em entrevista, que não colocará obstáculo nenhum para nova equipe. Tudo em tom bem mais ameno que o da campanha. Bom para o povo.
TRANSIÇÃO I
Por aqui também já houve uma visita de cortesia do prefeito eleito Ludimar Novais e o atual Flávio Kayatt. Segundo divulgado, foi uma visita tranquila onde os temas abordados foram os investimentos da próxima gestão. O tom também foi amistoso e Kayatt disse que será um “agente facilitador” para que Ludimar tenha tranquilidade em administrar Ponta Porã.
TRANSIÇÃO II
Para iniciar os trabalhos de transição, foram nomeados o administrador de empresas Paulo Roberto da Silva (presidente do PT em Ponta Porã), Reginaldo Almeida (chefe de gabinete do deputado Paulo Correa) e o advogado João Batista Sandri. Não foi divulgado se estes nomes trabalharão apenas na transição ou farão parte da futura administração.
AGRADECIMENTOS
 Agradeço aos leitores e colaboradores que são a razão do sucesso desta coluna em especial ao Marcos Cândia; Dr. Elton Lang (chapa 1 da OAB); vereador eleito professor Hugo;  Patricia e Maria Nely Insaurralde e Gislaine Rodrigues de Souza.Obrigada. Semana que vem tem mais.          
Ocorreu um erro neste gadget
Pesquisa personalizada
Ocorreu um erro neste gadget